Pastorais
ADVENTO: TEMPO DE CELEBRAÇÃO

30 de novembro de 2019

Todos os anos, em dezembro, temos um momento especial em nossa liturgia, celebramos o advento! Eu sempre escrevo esta pastoral para explicar a relevância desta tradição.

Iniciamos os preparativos para a grande festa. Vamos comemorar o momento mais importante da história: Jesus nasceu! O Advento é um tempo litúrgico de alegre expectativa quando os fieis esperam o Natal. Este é o tempo da fraternidade e da paz.

A palavra Advento vem do Latim adventu que significa “chegada” ou “que está por vir”. No calendário religioso este tempo antecede o Natal em quatro semanas. Várias igrejas o comemoram. Historicamente, começou a ser comemorado entre os séculos IV e VII, com um início provável na França e depois na Espanha e se espalhou por toda Europa.
Alguns símbolos foram incorporados na liturgia para representar a importância deste tempo. Entre eles está a coroa que é feita de galhos verdes entrelaçados formando um círculo, no qual são colocadas 4 velas grandes representando as 4 semanas do Advento. A cada domingo uma vela é acesa; no primeiro domingo uma, no segundo domingo a segunda vela é acesa e assim sucessivamente até completar a coroa, com todas as velas acesas indicando que o nascimento de Jesus está próximo. A coroa tem sua origem na tradição pagã europeia. O “fogo ao deus sol” era um sinal de esperança de que depois do inverno a luz do sol retornaria. Os primeiros missionários aproveitaram esta tradição para evangelizar as pessoas e usando a figura da luz, proclamaram a salvação em Jesus Cristo. A conversão dos povos pagãos fez com que se mantivesse a coroa como símbolo da vitória da obra missionária que anuncia a Cristo. As velas da coroa recordam ao cristão que sua vida sem Cristo era uma escuridão espiritual causada pelo pecado. À medida que se aproxima o natal, as velas simbolizam a realização dos eventos históricos de nossa fé. A primeira vela lembra o perdão concedido a Adão e Eva. A segunda simboliza a fé da Abraão e dos Patriarcas. A terceira lembra a alegria do rei Davi que recebeu a promessa de uma aliança eterna. A quarta recorda os Profetas e o anuncio da chegada do Salvador.

Jesus Cristo é o caminho a verdade e a vida (João 14.6). É, também, a segunda pessoa da santíssima trindade. O Advento anuncia que Aquele criador de todas as coisas, que estava presente no Gênesis e disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gn 1.26), está chegando.
Nossa vida só tem sentido porque Jesus Cristo nasceu.

Que Deus nos abençoe!

Rev. Leonardo Sahium

Share