Pastorais
AUTORIDADE

29 de março de 2019

O Brasil vive um momento muito singular de sua história, afinal, temos vários líderes presos, condenados e outros sendo investigados. Pessoas que exerceram um papel importante em nossa história recente, autoridades dos mais diversos setores, estão agora sob suspeita de práticas ilícitas, alguns com culpabilidade já comprovada, deixando a nação assustada com o volume de recursos desviados, o enorme prejuízo social resultante destes desvios de dinheiro público, que poderiam salvar milhares de vidas e transformar nossa nação. A crise de autoridade atingiu em cheio todos os poderes da nação e gerou um enorme descrédito perante o povo. É óbvio que não estamos sozinhos, outros lugares no mundo vivem dilemas parecidos.

O problema é que esta crise de ausência de autoridade pode atingir os corações com uma síndrome de desespero institucional e a decisão de se viver sem governo algum, ou seja, podemos cair na pior forma de vida social que é o descontrole por ineficiência do Estado.

Um dos perigos deste momento de descrédito em relação à autoridade é de começarmos a pensar que não existe ninguém sério em cargos importantes em nossa nação. Não podemos generalizar, pois, ainda existem bons funcionários públicos, pessoas corretas, éticas e muitos são nossos irmãos de fé. Outro problema é começarmos a transferir a crise de autoridade para o mundo espiritual. O desrespeito à autoridade de Deus é um grave pecado. Deus é santo, perfeito, soberano e imutável! Ele não pode ser comparado com qualquer autoridade na história da humanidade, muito menos aos que usaram seus cargos em benefício próprio e prejuízo à nação. Deus é o todo-poderoso!

Portanto, se por um lado estamos tristes com os vários escândalos envolvendo muitas pessoas de autoridade no Brasil, por outro lado, devemos agradecer a Deus pelos que são honestos e acima de tudo porque estamos sob o governo divino.

Deus é o nosso Rei, Ele sabe todas as coisas, Ele pode todas as coisas, e Ele conhece nossa vida! Deus abençoa seus filhos e filhas quando são submissos à Sua autoridade em amor, e sempre gratos por tudo o que Ele tem nos dado.
Lembre-se quando ouvir notícias sobre a crise de autoridade, que nós estamos seguros no Deus que é justo e soberano. Deus um dia lembrou o Seu povo, quando eles estavam atravessando um tempo difícil: “Eu sou o SENHOR, o vosso Santo, o Criador de Israel, o vosso Rei.” (Isaías 43.15)
Que Deus nos abençoe!

Rev. Leonardo Sahium

Share