Pastorais
FOGO E TRANSFORMAÇÃO

5 de setembro de 2018

Faltam-nos palavras certamente,
Diante da tragédia do domingo passado,
Quando perplexos assistimos impotentes,
Aquilo que se previa como resultado.

Quase a tudo consumiu, o fogo faminto e ora fortuito,
História milenar destruiu, sendo apenas este o seu intuito.
Que outra missão teria ele? Elemento ardente sob pressão,
Diante de tanta historia largada, alimentando-lhe a combustão?

Trouxe ao coração brasileiro tristeza, frustração, quase um luto,
Memória pulverizada, ciência que se esvai como num surto.
O Museu que trazia na historia lembranças de tantas famílias,
Agora esfria cinzento, rescaldo total entre as vias.

Este evento tão lamentável demanda de nós reflexão:
Descaso de autoridades, desmandos de uma nação…
Que despreza sua historia, não valoriza sua cultura
A deixam na mão de algozes, comprometem uma geração futura.

Ocorre que na essência o problema, na minha visão, é religioso,
Pois todo homem diverge ou converge a um coração piedoso
Já que na alma há um vazio, condição fatal vinda do pecado,
Não enxerga a missão do Eterno, na cultura o seu santo mandado.

Fazem do trabalho fonte iníqua, de vil enriquecimento.
Desprezam a benção de Deus, não reconhecem do Céu o sustento.
Almas rebeldes e corrompidas, usura ao leu descarada,
Pensam, falam, agem e zombam, como se o Justo Juiz fosse um nada.

Mas há solução nessa história se dispostos olharmos pra dentro
E honestamente aceitarmos que nos falta com Deus um momento
De voltarmos à antiga amizade, que outrora no paraíso gozávamos
E que agora nos é concedida, em Cristo Jesus, restaurados.

Nos resta uma mudança de mente, inconformada transformação
Entendendo que fomos chamados, a uma vida de santa ação
De viver o evangelho de Cristo, que transforma o mundo e a sociedade
Encarnando a ética do amor, do serviço, do respeito e da liberdade.

Talvez outros incêndios virão, enquanto nós cristãos acanhados
Insistirmos em viver nossa fé nos nossos mundinhos privados,
Deixando de ser sal e luz, num mundo que carece de exemplos.
Nos posicionemos sob a Cruz e haveremos de transformar o momento.

Rev. Antônio Alvim Dusi Filho

Share