Em 17 de fevereiro de 2017 | Pastorais

Queridos irmãos, penso ser uma infeliz constatação o fato de que nosso mundo atual está cada vez mais parecido com um mundo onde impera a morte, do que com um mundo onde reina a vida. Sem entrar no mérito das razões, as estatísticas da morte são cruéis: apenas para falar do nosso contexto, no Brasil dos nossos dias, morrem por ano cerca de 60 mil pessoas assassinadas, mais de 45 mil em acidentes de trânsito, e mais de 300 mil mortes por doenças cardiovasculares, respiratórias ou diabetes. Em meio a essa sociedade onde a morte e a injustiça nos assolam, e onde padecemos com um profundo sentimento de abandono e desesperança, se faz necessária uma reflexão a respeito daquele mundo onde reina a vida e a justiça. Saiba que pela Providência do Deus, a História caminha de forma inexorável para este mundo de vida plena e justiça. Esta é a promessa das Escrituras Sagradas.

Por volta de 597 A.C. o profeta Daniel já nos prevenira em seu livro escrevendo a respeito dos últimos dias: “Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro. Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno.” Dn 12:1,2

Cerca de 700 anos mais tarde, o apóstolo João em seu exílio na ilha de Patmos registrou no livro do Apocalipse: “O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” Ap 3:5

Não quero, irmãos, falar dos horrores pelos quais este mundo passa ou ainda passará, mas sim da promessa do mundo do porvir, um futuro de paz, sem dor e sem aflição. Minha palavra, irmãos, é no sentido de nos lembrarmos de que há um Livro e este aponta para um mundo futuro onde reinará a vida. É o Livro da Vida onde o nome daqueles que foram eleitos antes da fundação do mundo pela vontade soberana de Deus, e que tiveram suas vidas lavadas e remidas pelo sangue do Cordeiro estão inscritos. Que verdade maravilhosa! Não podemos perdê-la de vista! Se você entregou sua vida a Cristo, se arrependeu de seus pecados, seu nome está lá. Creia nisto e viva o hoje na paz de Jesus!

Rev. Antonio Alvim Dusi Filho

Compartilhar