Pastorais
Quando Jesus observa…

4 de fevereiro de 2018

“E, quando entrou em Jerusalém, no templo, tendo observado tudo, como fosse já tarde, saiu para Betânia com os doze.” (Marcos 11.11)

Alguém observou Jesus observando! O dia havia sido cheio de fortes emoções, Jesus havia designado dois de seus discípulos, para que entrassem na aldeia de Betfagé e buscassem um jumentinho para Ele. Jesus deu instruções detalhadas, precisas de como, onde e quem estaria na aldeia. Eles foram e encontraram tudo conforme Jesus havia orientado. A cidade de Jerusalém estava animada com a chegada de Jesus, para muitos, aquela entrada triunfal, representava o início de um novo tempo político. Assim como hoje as carreatas políticas de vitória chamam atenção dos que passam perto do movimento, a entrada de Jesus significava um novo momento. Havia canto e gritos de alegria; “Hosana! Bendito o que vem em nome do Senhor! Bendito o reino que vem, o reino de Davi, nosso pai! Hosana, nas maiores alturas!”( Marcos 11.9,10).
Neste contexto de festa, gritos de alegria e desfile pelas ruas o texto termina de uma forma diferente. Não encontramos Jesus discursando! Jesus entra em Jerusalém, vai ao templo e observa tudo.
Existe neste gesto de Jesus Cristo um ensino. Observar não significa fugir da realidade, muito pelo contrário, é o envolvimento pleno naquilo que está em questão, do assunto em pauta, da direção a seguir, dos sonhos a realizar, do coração que sente, pulsa, pensa e repensa! Só observa quem descobriu o valor da serenidade, da contemplação, da reflexão e sobriedade!
Jesus observou! Ele estava digerindo tudo o que acontecera naquele dia e refletia sobre o que viria acontecer.
Mas, alguém observou Jesus no momento exato em que Ele estava observando tudo. Na visão desta pessoa, provavelmente Pedro, esta atitude de Jesus também se tornaria uma prática em sua própria vida. Cristo é o modelo, tudo o que Ele diz, ensina, tudo o que Ele faz, importa!
Precisamos aprender a observar! Assim como Jesus Cristo, ao final de um dia cheio de emoções, devemos parar e observar. O templo foi o lugar escolhido por Jesus, e com certeza existe algo muito importante nesta escolha.
Neste mundo cheio de conexões e informações, parar e observar é algo que muitos simplesmente não conseguem. Mas nós devemos olhar para o exemplo de Jesus, de quem observou Jesus, e seguir o modelo. Faça isso hoje mesmo! Observe, contemple, aproveite o momento e fale com Deus. A serenidade pode ser alcançada pelo ato de observar e ela nos faz muito bem!

Que Deus nos abençoe!
Rev Leonardo Sahium

Share