Pastorais
As muitas chaves no bolso

18 de julho de 2013

É um incômodo, mas é necessário: meu bolso está sempre cheio de chaves. Igreja, casa e carro formam uma tríade de ferro muito pesada, mas que não adianta, tenho que carregar. E não é exagero da minha parte. De fato há muitos portões e portas que preciso abrir pra chegar aonde devo. Claro, carrego também para que eu tenha mais facilidade de abrir portas ocasionais e não tenha que ficar indo e vindo em busca de chaves que às vezes parecem ter o poder de se perder com muita facilidade. Mas o fato é que tenho muito volume no meu bolso!

Se você se identifica com meu esforço diário como eu já deve ter olhado um dia para o seu molho e se perguntado: “mas que chave é essa?”. E num processo arqueológico da memória você percebe que não tem a menor ideia do que ela está fazendo ali! Mesmo tentando puxar da memória você conclui que aquela ali não serve pra nada e que está carregando aquele peso à toa.

É pouco, eu sei. Mas uma chave a menos já faz alguma diferença. E motivado pela possibilidade de ter bolsos mais vazios, você pode se empolgar e começar a ver que há outros pesos que estão ali à toa.

Nós precisamos fazer essa revisão na vida. O que você anda carregando que pode ficar para trás?  Há culpas e pecados perdoados que dificultam a sua caminhada? A vida pode estar se tornando mais pesada com eles e tenha certeza que Deus quer você mais leve.

A maravilhosa graça de Deus tem o poder de eliminar pesos no nosso coração. Para isso é preciso deixar o que está nos impedindo andar com leveza: “Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus” Hebreus 12.1-2

Já pediu perdão pelos seus pecados? Já fez tudo para resolver problemas de relacionamentos? Já se desculpou com quem você feriu? Segure na mão de Deus e siga em frente! Não fique preso ao que não tem poder de te prender.  A graça de Deus já te libertou Também não tente agradar a todos o tempo inteiro a qualquer custo. Pessoas podem perceber isso e tentar manipular você. Liberte-se desses e outros pesos que possam estar deixando o seu dia-a-dia um pouco mais pesado.

Ande pra frente! Ande mais leve com Jesus.

Que Deus te abençoe

Rev. Felipe Telles Ferreira

Share