Pastorais
Atafona

4 de abril de 2013

Esse município no norte-fluminense vive uma situação bem peculiar. Desde a década de 70 o mar vem avançando e devastando ruas e casas. Olhando as fotos da cidade a impressão é que um tsunami ou algo parecido assolou a cidade rapidamente. Mas a realidade é outra. Pouco a pouco, mas todos os dias, esse avanço tem transformado aquele cenário.

A história de Atafona faz parte da história de uma pessoa na IPGávea. Marinete visitava aquela cidade durante sua infância e juventude. E ainda hoje passa parte do seu tempo por lá com a família. Durante uma visita, conversamos sobre o fenômeno que ali acontece e sua relação com a vida e concluímos algo tão simples, mas tão verdadeiro e esquecido: o tempo passa.

As casas imponentes em frente ao mar hoje são ruínas. Engolidas pela areia e pela maresia, aqueles endereços são hoje apenas sombra do que um dia foram. E quando o mar as tomar por completo, nada mais restará se não as histórias na memória de quem lembrar. E a vida não é diferente. Aquilo que hoje temos e vivemos não volta. Um dia esses momentos serão apenas parte de uma lembrança. E essa brevidade e a certeza de que nada desse mundo permanece de verdade nos faz repensar o que estamos fazendo com o nosso presente.

Pense nos momentos que você perdeu com a sua família talvez por algo que parecia tão necessário, mas que hoje você sabe que não era tão importante assim. Lembre-se das vezes que a sua ansiedade em relação ao futuro te fez perder a alegria do momento, as brigas bobas que roubaram um tempo precioso com quem você ama e tantos outros ladrões da existência que deixaram lá atrás um tempo perdido que nunca mais será.

O livro de Eclesiastes nos chama a pensar sempre sobre a brevidade da vida. A sua repetição insistente é para que a alma não esqueça que “tudo é vaidade”, tudo é passageiro, efêmero e portanto com Deus devemos encarar o hoje como um presente a ser experimentado com intensidade. Não estamos falando de inconsequências ou libertinagens, mas de permitir que a vida seja bela e aproveitada. A Bíblia nos diz: “Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar- se e levar vida regalada; e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho” Eclesiastes 3.12-13.

Fazendo um check-up dentro de você: Você está conseguindo viver o presente como Deus gostaria? Em santidade, compromisso, alegria, leveza e celebração, aproveite o tempo. Não se esqueça que esse momento AGORA nunca mais existirá. As areias do tempo engolirão o que aconteceu e a melhor homenagem é viver esse presente.

Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” Mateus 6.34

Que Deus te abençoe

how to enlarge penis size

Rev.Felipe Telles Ferreira

Share