Pastorais
Calma

30 de julho de 2013

“Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços da sua mãe, como esta criança é a minha alma para comigo” Salmo 131.2

Esse é um salmo lindíssimo! Davi está falando da sua confiança em Deus. Ele nos mostra isso com o seu convite no último versículo: “Espera, ó Israel no Senhor..” (v.3). Mas assim como nós, ele tinha que lidar com a sua ansiedade até o momento em que Deus o responderia. E talvez esse seja um grande desafio para nós: aprender a esperar!

Sim, confiamos em Deus! Sim, acreditamos que Ele pode fazer todas as coisas! Mas como é difícil lidar com a nossa inquietação! “Esperar” já é uma palavra que pode trazer arrepios a muita gente! Seja na fila do consultório, do banco ou ao telefone a verdade é que fomos formatados pela instantaneidade do nosso tempo. Ninguém quer pra depois o que pode (e deve) ser agora!

Mas Davi sabe que Deus não responde sempre à jato. Ele sabe que na perspectiva humana, o Senhor parece estar demorando, mas a verdade é que Ele está agindo no tempo certo! E enquanto o tempo de Deus não se junta com o nosso, ele nos mostra o que fazer (releia o versículo no cabeçalho dessa pastoral).

Calma. Como uma criança que encontra conforto nos braços da mãe e ali se aquieta, assim deve ser a nossa alma para CONOSCO. Temos a tendência de ler esse versículo como se Davi estivesse falando da relação da alma para com Deus, mas a verdade é que ele chama para si o dever de se acalmar, afinal ele sabe que o Pai está tomando conta de tudo.

Em outros textos, o salmista fala dessa conversa tão preciosa com a nossa alma: “Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus” Salmo 42.11. Em tempos difíceis converse com você, se questione, se pergunte porque você está abatido, porque anda tão ansioso, tão inquieto já que o Senhor está sempre cuidando de tudo.

Já conversou com a sua alma hoje? Se ela anda perturbada, coloque ela nos seus braços e a lembre do cuidado que o Pai tem com você. Jesus já nos disse: “E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?” Mt 6.28-30.

 

Calma. Deus está no controle.

 

Que Deus te abençoe

 

Rev. Felipe Telles Ferreira

Share