Pastorais
Descobri o gosto musical de Deus

10 de outubro de 2013

Música é sempre um assunto polêmico em igrejas. E costuma ser assim porque lidamos com gostos diferentes. Uns são do samba, outros do rock. Uma parte é mais agitada enquanto a outra é mais reflexiva. E como as igrejas costumam ter gente de personalidades e idades diversas, é muito comum ver aqueles que não gostam quando tocam o hino tal, o cântico tal, que acham que coral é a única forma verdadeira de adoração ou que bandas com guitarra e bateria são uma modernidade absolutamente dispensável.

Diante disso eu fiquei me indagando qual seria a música, o estilo musical, a batida que agrada a Deus?  Quero me restringir aqui às músicas que cantamos na nossa adoração pessoal e coletiva e não falar de músicas usadas em outros ambientes que promoveria uma discussão ainda mais ampla.

Senhoras e senhores, aí vai o gosto de Deus:

Músicas sincerasOs sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás” Salmo 51.17. Quando a música que cantamos pra ele sai de um coração sincero e submisso a Deus, Ele gosta demais! Não importa o volume, se tem choro ou razão, Ele ama quando estamos por inteiro cantando pra Ele!

Músicas que O adorem – Parece óbvio, mas hoje em dia há louvores que falam tanto de nós, dos nossos desejos, das nossas vontades que parecem que não foram feitos pra Deus, mas sim pra massagear o nosso ego! Ficamos parecendo aquele fariseu que orava de si para si mesmo que tinha muita linguagem religiosa, mas pouca compreensão de quem era Deus! (Lucas 18.9-14)

Música que afirmem a Palavra de Deus – Há um consenso de que muitas heresias entram na igreja pela música. Às vezes uma bela melodia não reflete o caráter de Deus e por ser bela é apreciada e cantada por nós para um Deus que não concorda com o que estamos dizendo. Acredito em licença poética, mas desde que não atrapalhe a centralidade do evangelho. Se emocione com o que você canta, não há mal nisso, mas reflita antes de tudo!

Quando você estiver louvando ao Senhor com músicas pense no gosto divino! Sim, o ritmo, poesia e a boa execução são importantes, mas mais do que a sua todas essas coisas ele quer o seu coração e a verdade sendo cantadas pra Ele!

Tudo o que tem vida louve o Senhor! Aleluia!” Salmo 150.6

Que Deus te abençoe

Rev.Felipe Telles Ferreira

Share