Pastorais
INCENTIVO DIVINO, QUER MELHOR?

5 de fevereiro de 2016

“Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia,
mas de poder, amor e de moderação”. 2 Timóteo 1.7

O pastor John Maxwell escreveu: “Ainda não encontrei uma pessoa, seja qual for o estágio da vida em que se encontre, que não tenha melhor desempenho num clima de aprovação do que sob críticas. Já existem críticos demais no mundo.”

Quando todas as pessoas ao nosso redor estiverem de cabeça baixa, olhando para o chão, murmurando os problemas da vida, devemos levantar os olhos e contemplar as maravilhas de Deus. Jesus nos ensinou a contemplar a natureza e perceber o cuidado dele com a Sua criação. Disse Jesus: “observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?” Mateus 6.26

As palavras de Jesus em toda a Bíblia sempre foram recheadas deste elemento único chamado, incentivo. Quando Noé foi convocado para uma obra completamente sem sentido, aos olhos humanos, ele não vacilou, ele caminhou com a certeza de que o Senhor iria cumprir o que havia dito e assim aconteceu. Quando José olhou para tudo o que havia acontecido em sua vida, as dores e as injustiças mais pesadas, ainda sim, testemunhou que em todas as coisas ele percebia a mão de Deus conduzindo-o em triunfo. Quando Moisés foi chamado por Deus para tirar o povo da terra da escravidão e os conduzir, por quarenta anos pelo deserto, até chegar na terra prometida, ele aceitou o desafio. Homens e mulheres, que não se dobraram diante das adversidades. Uma jovem Maria, grávida, empreendeu todos os esforços, sem murmurar, até completar sua missão.

Hoje, olhamos para a Bíblia e somos novamente lembrados daquilo que Paulo queria deixar como ensino eterno no coração de Timóteo. Deus nos capacitou e continua agindo em nós para enfrentarmos qualquer adversidade.
Paulo era um homem que buscava em Deus a força para enfrentar suas lutas nesta terra. A Palavra de Deus nos garante uma santa capacitação, afinal o texto afirma: Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, amor e de moderação. Não permita que as ameaças deste mundo apaguem o incentivo divino.

Se você tem o incentivo divino, quer algo melhor? Impossível! Deus está ao nosso lado, abençoando, guardando, capacitando para que tudo o que fizermos seja para Sua honra e glória!

Que Deus nos abençoe!
Rev. Leonardo Sahium

Share