Pastorais
Um bebê para mudar o mundo

20 de dezembro de 2013

Chega de campanhas políticas! Chega de argumentos nas redes sociais! Não precisamos escrever mais nenhum livro, formular nenhuma tese ou coisa parecida: só um bebê pode transformar o mundo.
cheap software downloads
Você pode até achar que é por causa da sua inocência ou da esperança que uma vida nova pode trazer, mas não é por isso que ele vai mudar todas as coisas. O bebê “…salvará o seu povo dos seus pecados”.Mateus 1:21. Esse é o grande problema da humanidade: o pecado que mora em nós. Achamos que para mudar o mundo precisamos de melhores sistemas políticos, mais conscientização sobre as leis, mais punição e afins. Sei que medidas assim melhoraram o ambiente onde vivemos, mas o que de fato pode mudar tudo é quando nós mudamos e nós só mudamos quando Jesus, o neném que veio, cresceu, morreu e ressuscitou nos limpa dos nossos pecados e muda a nossa vida.

Não sou fanático. Sei que há muita coisa interessante a ser feita pela humanidade. Podemos formular e aplicar leis mais justas, aprender a dividir melhor o nosso pão, promover um cuidado com a natureza mais significativo, mas mesmo assim sei que todas essas ações esbarram no problema maior que todos herdamos: o pecado. Ah, esse defeito de fábrica! Queremos fazer coisas boas, mas não conseguimos; queremos perdoar, mas vemos que não temos força, queremos ser mais altruístas, mas concluímos que pensamos mais na nossa felicidade do que em qualquer outra coisa. De onde vem essa nossa incoerência? A Bíblia nos responde! “Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim” Romanos 7:19-20. Além de nos escravizar ele ainda nos deixa uma herança terrível: a separação espiritual de Deus. Não podemos nos relacionar com um Deus santo sendo nós contaminados com esse terrível vírus.

Mas Jesus, o Filho de Deus, chegou para resolver esse grande problema. Ele veio nos ligar de novo a Deus perdoando os nossos pecados na cruz e nos transformando em novas pessoas (2 Coríntios 5.17). E essas novas pessoas chamadas agora de filhos de Deus são convocadas por ele para serem justas, amorosas, perdoadoras, honestas, verdadeiras refletindo a todos um pouco da aparência de Deus.

Sim, mesmo com a presença de Cristo em nós continuamos a errar..e muito! Estamos em obras! Só que por causa de Jesus, dia-a-dia podemos viver como pessoas novas! Se você quer experimentar isso em você, acredite no bebê que pode salvar o mundo pelo seu poder de perdoar pecados.

Feliz Natal

Rev.Felipe Telles Ferreira

765qwerty765
Share